Pedro Serrano Gomes

Sou licenciado em Geografia e Planeamento Regional (UNL, 2007) e mestre em Estudos do Espaço e do Habitar em Arquitetura (UTL, 2011). Atualmente, sou doutorando em Urbanismo na Université Paris-Est, sob a orientação de Alain Bourdin e Jorge Carvalho, com financiamento da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Entrei para o GOVCOPP (UA) e para esta equipa em 2007, como bolseiro do projeto da Ocupação Dispersa.

Desenvolvo investigação no Lab’URBA (UPE) e no GOVCOPP sobre os processos de produção de espaço público em Lyon, Lisboa e Louvain-la-Neuve, às escalas urbana e dos projetos específicos. Dou particular importância à forma como a utilização dos espaços é tida em conta nestes processos.

Identifico-me com a noção de Estudos Urbanos, na medida em que procuro os instrumentos mais interessantes para analisar um dado problema, mais do que procurar manter-me num campo disciplinar definido. Presentemente, concentro-me no estudo da ação pública e/ou coletiva que “faz cidade”. Mas mantenho sempre uma preocupação com os resultados (sócio-espaciais) dessas ações e, nesse sentido, continuo a interessar-me pelos “problemas urbanos” em si.
 
Volta e meia, colaboro com amigos das artes e do design em pequenos projetos, a maior parte das vezes através de textos.

I hold a BSc in Geography and Regional Planning (UNL, 2007) and a MA in Spatial and Dwelling Studies in Architecture (UTL, 2011). I’m currently a PhD candidate in Urbanism at the Université Paris-Est, supervised by Alain Bourdin and Jorge Carvalho. I’m funded by the portuguese Foundation for Science and Technology. I joined GOVCOPP (UA) and this team in 2007, as a junior researcher in the Urban Dispersion research project.
I’m currently at Lab’URBA (UPE) and GOVCOPP, where I develop my research on processes of public space production, on the scale of the city and of specific projects. My case studies are Lyon, Lisbon and Louvain-la-Neuve.  I’m particularly interested in how questions of use are taken into account in said processes.
I relate to the notion of Urban Studies in that I try to find the most interesting tools to analyse a given problem, rather than worrying about clear disciplinary boundaries. At the moment, I’m especially interested in studying public and/or collective actions that “make the city”. However, I still keep a concern for the socio-spatial results of such actions and, in that sense, for “urban problems” themselves.
Every now and then, I collaborate with artist and designer friends in small projects, mostly by writing.